Infância. Limites.

Já estamos à tarde do dia. A casa está limpa e arrumada. Que sensação boa. As roupas estão guardadas e organizadas. O Miguel está jogando e assistindo vídeos pelo celular. Choveu forte agora por aqui. Mas foi uma chuva de verão. Choveu e passou rápido. A Sra. Maria acabou de ir embora. O dia já está pela metade e foi produtivo. Já fizemos tantas coisas. Tantos afezeres. A temperatura ficou ótima depois da chuva. Fui buscar a Sarah na casa da minha mãe e na volta passamos passamos no Mc Donalds, porque ela pediu. Chegamos em casa, e tomei um banho antes de deitar. O ventilador estava ligado e a janela aberta. Estava fresquinho. Acho que a Sarah anda um pouco rebelde. Está crescendo. Teve um estirão de crescimento há pouco tempo. O hormônios estão mudando. A avó também acaba mimando um pouquinho demais. Ela cresceu muito. Às vezes também devemos observar o quanto nossos filhos estão mudando, fisiologicamente. Porque determinados comportamentos acabam aparecendo. Também perdi minha saúde neste ano que se passou. Isso acaba facilitando determinados comportamentos. É uma fase. Todos nós erramos. E a grande maioria de nós, nos arrependemos quando enxergamos esse erro. Mas temos que ter consciência disso para nos arrependermos. Grande parte da personalidade de um ser humano se forma na infância. É onde ocorre o maior desenvolvimento cerebral. Devemos fazer com que nossos filhos entendam o que é limite. A diferença entre o certo e o errado. O bem e o mal. Isso pode, isso não pode. E também tira dúvidas para a criança. Não sabemos como os outros enxergam cada situação. Porque eles podem ter uma opinião diferente da sua quando está aprendendo alguma coisa. Ou quanto à própria personalidade mesmo. Os fatores ambientais, do ambiente em que se deram as circunstâncias influem no comportamento de uma criança. Há mais tempo que as férias, que ela dorme, mais fora de casa, do que dentro dela. Tudo isso pode causar esse tipo de comportamento. Disse em um dos Posts, que devíamos ter paciência com as crianças. Porque é nessa fase que grande parte da consciência se forma. Devido ao alto desenvolvimento cerebral. Eles aprendem muita coisa. Conhecem as pessoas e passam a criar a noção de elo. Papai. Mamãe. Irmãos. E o ambiente também influi nessa percepção, ocupando uma ampla porcentagem nesses fatores. Crianças também aprendem que podem te vencer pelo cansaço. Porque ela quer conseguir o que está pensando em conseguir com isso. Educar dá trabalho. Depois vão se formando os valores e princípios. Então é bom que a educação chegue primeiro. Queremos o melhor para os nossos filhos. Mas nem sempre é fácil, depende de cada situação. Retornar à rotina não é nada fácil, quando nós passamos por mudanças. O adulto sente. A criança sente. Às vezes as alterações de humor ocorrem nas crianças, principalmente nas crianças, que estão aprendendo o que é emoção. Se emocionar. Chorar. Sorrir. Mas temos que tentar colocar limites a certas situações. Ela acabou de deitar do meu lado. Antes estava brava. Tentou me vencer pelo cansaço. Mas tudo isso foi explicado anteriormente. Só que em outras palavras. Porque ela percebeu que estava passando do limite. Os filhos são dádivas de Deus. Aprendemos muito com nossos filhos. Mas eles aprendem muito mais com a gente. Daí o respeito aos mais velhos. Estar atento às mudanças que ocorrem facilitam o entendimento.👦👧

❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s