Janela da lavanderia.

Agora o dia está só começando. São 8h17. Estou com preguiça. Porque acordei mais cedo. Acordei cedo e minha filha também. Nós trocamos mensagens e vídeos pela manhã. Ela se alimenta de forma bem mais saudável que o Miguel. Come bastante frutas. Salada. Não toma refrigerante, só toma água. Come bem o arroz e feijão. Mas não gosta muito de molho vermelho. Somente às vezes. Já o Miguel adora uma coca cola, come torresmo. Adora aquele molho barbicue. Mas ontém comeu todo o peixe, sem molho nenhum. E comeu bastante. Fiquei feliz. Ele é magro, mas se alimenta bem. Dificilmente uma criança bem alimentada fica doente. Já amanheceu, mas está escuro no quarto. O Miguel está dormindo. Com esse tempo, é o melhor a fazer mesmo. Estamos deitados. Com o ventilador ligado. O Miguel está dormindo bem. Estou com pena de acordá-lo. Já falei com a Sarah que dormiu na casa da minha mãe por vídeo. Ela já despertou e está brincando de slime. O Miguel acordou agora e veio tomar café com leite. E eu aproveitei para tomar mais uma xícara de café. Saiu um solzinho pela janela da lavanderia. Para encourajar.

Lembranças de como o Sr. Claudio terminou de pintar a casa faz pouco tempo. Achei que não seria possível. E deixou a tinta e os utensílios fora de casa, para as crianças não mexerem. Ficou ali na churrasqueira mesmo. A churrasqueira sempre foi muito útil. Tem umas madeiras lá também. De vez em quando acendo a churrasqueira, quando necessário. Tive que me desfazer de muita coisa por causa do espaço dentro de casa, inclusive da cama deles. Preciso arrumar um lugar pra arrumar tudo aquilo. E do lado tem duas plantinhas. Uma eu deixei no sol, porque estava perdendo folhas dentro de casa. A hortência também. Então ela havia perdido todas as flores. Deixei ela ali. E ela floriu de novo e muito. Pintar a casa foi uma excelente idéia e trabalhoso. E contar com uma pessoa como o Sr. Claudio, de confiança, caprichoso, foi fundamental. Quando ele via algum defeito ou alguma coisa quebrada, ele aproveitava e arrumava, e consertava. Do jeito dele, mas consertava, mesmo pintando a casa. Era amigo da família do meu pai. Tinha visão para mover os móveis de lugar. Não foi fácil. Algumas tranqueiras, ele teve que improvisar, para pintar em cima da estante. Já faz um tempo, e a hortência já floriu duas vezes.

Agora vou almoçar na casa da minha màe. Almocei bem. Arroz e picadinho de carnes e legumes. Estava muito bom. Acho que com as crianças, minha mãe me ajuda muito nesse sentido. Uma comida simples, mas saborosa. E nem sempre simples. Às vezes, ela gosta de surpreender. E nós também. Fez kibe assado. Comemos pastel de queijo. Eu compreendo minha mãe também, ela quer fazer o melhor para as crianças. Fico muito feliz pelas crianças. No fundo, eles estão cercados de carinho. A comida que a vovó fez. O doce que a mamãe trouxe. A coca cola que surge de repente. Tudo isso propícia um ambiente favorável. Eles verem o quarto deles no lugar e os brinquedos arrumados e organizados transmitem outra sintonia. Você não tem horário certo. Como é bom ser criança. É lógico que devemos cumprir nossos horários. Porque somos nós que acordamos nossos filhos. E eles também. Mas crianças são crianças. Elas podem mudar nosso repertório. E depois tem a roupa seca do varal. Quase todos os dias. Você deve lavar, organizar e guardar. Sempre fui cuidadosa com isso. Mas sei que me superei, porque nem sempre apresentava condições favoráveis. E fiz.❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s