O Celular e o Cartão.

São 9h51. Já tomei café para despertar. As crianças já acordaram. Liguei para o Miguel no momento do café. E expliquei pra ele, que precisa configurar o telefone novamente. Cheguei bem do plantão ontém. Deu para descansar um pouco. Estou curiosa pra ver como eu vou me sair pra arrumar o celular do Miguel. Vai dar trabalho lembrar e-mails e senhas para instalar os aplicativos. Ele está assistindo só You Tube. Se desligou do joguinho um pouquinho. Foi a primeira coisa que ele tentou fazer. É bom ele ver outras coisas interessantes no celular. São 10h57 e já estou na casa da minha mãe. Já acertei o e-mail e a senha do google. Instalei o whattsaap. E o Miguel está instalando o Instagram. Estão almoçando. Vou levá-los para a escola. Também já reinstalei o facebook. O celular do Miguel está configurado. As fotos reapareceram. “Está novinho em folha”. Fiquei muito feliz de ver a alegria do Miguel quando viu o celular. Antes o facebook não estava entrando. E após ter chegado do conserto, consegui reinstála-lo. Ele conseguiu recuperar sua conta. Ele instalou o Instagram sozinho. Agora o app está pedindo a senha para entrar. Vou precisar esperar o Miguel voltar da escola para instalar. Se ele lembrar a senha. Tudo sempre tem um aprendizado. Ele vai entender agora como é importante gravar as senhas no celular. Ele viu o que aconteceu no celular dele. E o trabalho que foi para desbloquear. O mesmo com os aplicativos. Quero ver a reação dele.

Já há algum tempo não tenho percebido a presença do meu cartão do banco Bradesco. Tenho uma bolsinha pequena, em que guardo alguns papéis e todos os meus cartões. Meus documentos. Estava com medo de procurar meu cartão na bolsinha e não achar. Desci até a cozinha e ia dar uma passada na padaria pra fazer um café da tarde. Coloquei a bolsinha em cima da mesa antes de sair. Decidi abri-la. Abri a bolsinha e procurei entre todos os cartões, os papéis e os documentos. E não achei. Fiquei um pouco nervosa. Só havia usado esse cartão uma vez, e foi no próprio banco. Então, resolvi ir até o banco na hora. Estava escurecendo e ventando muito por aqui. Vi a chuva se formar no caminho, andando de carro. Quando cheguei ao banco, ela veio com força, mas durou pouco. Me molhei um pouco. Entrei e fui perguntar direto para a pessoa responsável. Ela tirou muitos cartões de uma gaveta. Descrevi as características do meu cartão. E ela devolveu na minha mão. Sabia que estava lá. Não tinha ido ou usado em outro lugar. Mas foi uma alegria muito grande. Não sabia que ia chover, porque estava dentro de casa e não tinha visto a ventania. A ventania. A chuva se formando. É bonito ver a chuva cair. No momento em que desci para ir até o banco, ventou muito. E choveu também. Foi difícil abrir a porta do carro e o guarda chuva também. Foi um grande alívio e uma imensa felicidade recuperar o cartão. Fiquei feliz, e resolvi passar na padaria pra comprar um bolo maravilhoso. Não são só as crianças que podem falhar. Os adultos também podem falhar. Esquecer o cartão no banco num momento de pressa. Achar que guardou. Já havia esquecido outro cartão na mesma agência. O caixa eletrônico não sinaliza muito bem que o cartão ficou na máquina. Já faz um bom tempo. Há alguns anos. Como foi bom ter encontrado o cartão de volta. E o celular do Miguel também já está arrumado. Dessa vez, consegui reinstalar o facebook dele. Estava triste de não ver ele lá. Agora só falta o Instagram que ele adora. Enxergar o ponto positivo de cada situação. Aprender com o que aconteceu. A sua capacidade de resolver problemas. A configuração do telefone. O cartão encontrado. Cuidar dá menos trabalho. E quando resolvemos nossos problemas, isso nos trás uma enorme satisfação, e damos um passo a frente. Poder experimentar um pedaço desse bolo com café. E registrar esse momento.

Consegui reinstalar o Instagram do Miguel e redefinir a senha, através do e-mail. Ainda posso controlar a nova senha. Agora todos os aplicativos estão em ordem. Nem antes estavam.❤ Ele usa mais os joguinhos. Raramente usa facebook. E de vez em quando usa o Instagram. A Sarah usa mais o celular. As crianças queriam ir no Mc Donalds. Então, fomos. Comeram todo o lanche. E agora, às 19h22, estamos todos entretetidos com os celulares, deitados na cama, com o ventilador ligado e assistindo televisão. O bolo estava maravilhoso. As crianças também comeram.❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s